É TEMPO DE VERÃO

É TEMPO DE VERÃO

Basta esquentar para o tempo, que ás vezes moeda e troca, seja melhor cotado. Como o Cronos dos gregos, o verão é
tanto oportuno quanto inevitável.

É oportuno estar com quem a gente ama, curtir o céu queimando no final da tarde, na beira mar ou até da janela de um
escritório. É inevitável desejar mais. Mais vida. Mais tempo.

Porque água, música, espaço, o melhor do mundo: é tudo feito de tempo.
Ainda assim, falta tempo para viver o tempo, já que ele não nos espera nem nos acompanha.

Então… Será que tem como pedir ao tempo para dar um tempo?

TIME OUT

Não sabemos, mas não dá pra duvidar que o verão tem a capacidade até de mudar uma timeline.

Só quem vive a pele quente refrescada com o vento das 18h, o sol e o sal, e o sorriso gratuito típico dos que amam o
verão sabe: são momentos que duram pra sempre e superam a própria natureza do tempo.

Se nos meses frios ele se arrasta e parece lento, no calor, vira mais timing: dizer sim para novas aventuras, estar vivo
para aproveitar e aceitar que não temos tempo.

Ele é que nos têm

Nos devora ou nos vive na medida das nossas escolhas – e desse presente que passa veloz. Tão veloz que até o tempo
que parece nos pertencer, é pouco perto da imensidão e ânsia infinita dos desejos.

E quando os dias se tornam mais longos, o tempo já nasce com o poder de eternizar as matizes das semanas que deixa
mais coloridas à medida que passa. Vai preenchendo tudo com areia, sorriso, mar, gente, flores, lágrima, mato, sol, dança.

De todo modo, em algumas páginas, tempo é a grandeza que define o resultado da fórmula. Em outras, a lógica sai de
cena, para dar ritmo às histórias e te colocar no tempo mais precioso: o seu agora.

Porque o tempo é exatamente aquilo que fazemos dele. Logo, não existe “tempo ruim”.

Então a gente te pergunta: qual foi a última vez que você fez verão do seu tempo e curtiu de verdade
a ponto de esquecer que ele existia?

A partir de agora, convocamos você para se tornar aliado do tempo, fazendo de momentos capturados, escolhas
conscientes: afinal, só o que fazemos amplifica nossa existência, dá sentido aos dias e estende nossa maior limitação.

Que o tempo deixe de ser métrica para virar instante.

VISTA SEU TEMPO

Por isso pensamos: ao invés de pedirmos um tempo ao tempo, porque não damos pra ele mais… verão?
Conheça nossa coleção Primavera/Verão e escolha como quer vestir o seu temp(l)o.

YOU NEED TO FEEL

PRODUTOS RELACIONADOS