SOBRE COMPARTILHAR

SOBRE COMPARTILHAR

A noção de que nós, humanos, somos o centro, foi mais uma vez rebatida: construímos
paredes que, agora, desejamos quebrar. Quase que de forma sedenta, percebemos o quanto
precisamos e queremos contato e calor humano: toque, beijo. Presença. E que temos que
deixar pra trás, parte do que nos trouxe até aqui.

Porque fomos confrontados com o inevitável: a lembrança de que os recursos são escassos –
o que costumava importar, talvez, não importe tanto. Afinal, o universo continuou girando e o
que tentamos controlar, dominar – prova-se maior que nós.

O fast-fashion, tão acostumado com a pressa e com a sobrevivência baseada no consumo de
compensação, ganhou uma rachadura: essencialismo, economia circular, minimalismo, ecofriendly
uma abordagem com temáticas não completamente recentes, passou a ser assumida
e entendida como o novo luxo, num curto espaço de tempo.

Mas não para a EMPTY que, há dezesseis anos – depois de uma aventura entre amigos, meio a
um estilo mais leve e descomplicado – sempre esteve alinhada com esses conceitos, já que
brotamos de experiências compartilhadas, a partir de um olhar atemporal e sustentável; de
um propósito que nos permitisse coexistir em harmonia.

Desde o início, pareceu certo defender a desalienação do óbvio, a reciclagem, a busca por
aquilo que não nos preenche, mas que nos deixa mais livres para explorar as possibilidades.
Assim, passamos a criar peças pra quem compartilha do nosso jeito de ser e de encarar o
mundo; o que é bom, saudável e positivo – como o que vivemos na viagem de 2004, tão
incrível a ponto de nos motivar a criar a EMPTY.

É isso. Queremos compartilhar um pouco do que sentimos em tempos como aqueles, na
Indonésia, rodeados por amigos novos e antigos, por pessoas com quem se pode dividir uma
fogueira, uma refeição ao anoitecer, uma onda, o café da manhã, o pôr-do-sol, a felicidade e a
certeza de que estamos conectados. Porque compartilhar dá significado ao que sonhamos.

Compartilhar o que nem sempre pode ser visto ou tocado, como a sensação de colher uma
fruta do pé, o cheiro de bolo numa tarde chuvosa, uma melancia na varanda de casa; a
trajetória da gota, da areia e do vento; o céu azul ou uma tempestade; o abraço ou a saudade
de quem reconhece que, ali, tem muito mais episódios compartilhados do que a ausência: tem
um mundo de memórias. É…até a saudade vale ser compartilhada: de quem já foi com quem
ficou, e de quem está, mas está mais longe do que a gente queria.

Compartilhar aquela música que nos flutua. Fazer uma maluquice junto, passar vergonha
junto, rir junto. Compartilhar a dança, o passo, a queda. Compartilhar a lágrima – de tristeza,
de alegria, sei la – porque compartilhar leva as coisas para outro nível.

Compartilhar sonhos e, por que não, a noite, o sono, um céu estrelado; um capítulo ou uma
história inteira. Compartilhar tudo que vem de dentro e é de verdade. Compartilhar a nossa
verdade mais profunda, nossa essência – o que só nós temos. Que traduz quem somos e se
funde com quem é ou já foi, junto da gente

Compartilhar nossos medos e nossas audácias. Nossas jornadas, caminhos, desafios, objetivos;
o início de novos dias – ou de dias que têm todo o direito de serem iguais.

Compartilhar um momento consigo mesmo, contemplando-se. Ou dividir o silêncio – nem que
seja o silêncio de quem amamos e com quem compartilhamos tanto sentimento não dito. E,
com o mar, aquele momento de um horizonte infinito, nesse sublime indizível que só a
natureza pode proporcionar.

Cantar. Cantar em alto e bom som, desafinando mesmo, se for preciso, compartilhando toda a
alegria de ser o que se é, com quem também compartilha conosco o melhor e o pior. Afinal,
compartilhar é exatamente o que nos diferencia: compartilhamos crenças, brincadeiras,
gerações. Compartilhar nos estende, dá um novo valor à nossa existência e constrói um legado
precioso.

Queremos passar a barreira do que somos sozinhos, compartilhando com você um fragmento
da loucura extraordinária que é viver. Porque tudo é passageiro, mas compartilhar dura mais
do que nós.

Damos início a primeira parte da nova coleção Primavera/Verão Share 2020/2021
|
Confira nossos novos produtos!
NEW ARRIVALS